WhatsApp instável mostra a influência do aplicativo no ramo acadêmico

WhatsApp instável mostra a influência do aplicativo no ramo acadêmicoNa primeira semana de outubro de 2021 o mundo foi impactado por um problema técnico interno da empresa e rede social Facebook, dono também do Instagram e WhatsApp.

Como resultado, todos os usuários ficaram cerca de 7h30 sem acesso à estas redes sociais, no dia 4.

O WhatsApp, na atualidade, é muito utilizado no meio acadêmico, por exemplo, para troca mais eficiente de informações entre alunos e professores.

+ Confira outros posts do Grupo Prominas

WhatsApp instável

Embora muitas instituições contem com outras plataformas de comunicação, como aplicativos próprios e e-mail, grande parte dos alunos ainda preferem utilizar o WhatsApp.

Segundo muitos estudantes, por conta da praticidade do envio e recebimento de mensagens e conteúdos.

De acordo com uma pesquisa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC), a criação de grupos no WhatsApp é uma alternativa bastante usada na pandemia por 91% das 3,6 mil escolas públicas e privadas ouvidas em agosto de 2021.

Em suma, em 4 de outubro 2021, dia da instabilidade, várias aulas acabaram prejudicadas ou canceladas pelo Brasil.

Ao mesmo tempo, muitos alunos não puderam receber ou enviar materiais de estudo do Enem e concursos públicos, via o aplicativo WhatsApp.

Além disso, uma grande parcela de estudantes que utilizam o aplicativo para tirar dúvidas, de uma forma mais prática, foram prejudicados.

Leia os relatos de alguns alunos ouvidos pelo Portal G1.

Conclusão

Afinal, o WhatsApp, de fato, é um aplicativo que veio para ficar, e facilitar a rotina da sociedade. Porém, no meio acadêmico, não se deve ficar totalmente limitado a ele, pois ainda assim, existem outros meios, até mais formais, de comunicação.

Claro, é levado em consideração que muitos estudantes pelo Brasil não possuem um aparelho celular e um computador ao mesmo tempo.

Por fim, é necessário pensar em outras alternativas para caso de uma nova eventual instabilidade do Facebook, que administra o WhatsApp e o Instagram.

Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais, e conferir nossos últimos posts!

Atualizamos a Política de Privacidade e Termos de Uso do site. Ao continuar navegando, entendemos que você está ciente e de acordo.