Redação do Enem: Saiba os principais erros que levaram ao zero em 2020

Redação do Enem: Saiba os principais erros que levaram ao zero em 2020A redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é considerada a fase mais importante por muitos candidatos que vão fazer a prova.

Caso o candidato tire nota zero nesta etapa, ele automaticamente não pode mais concorrer por uma vaga no ensino superior através de programas governamentais, como o Sisu, Prouni e Fies.

No ano de 2020, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 87.567 candidatos – o equivalente a 3,21% das redações – tiraram 0.

Principais razões:

  • 1,12% redações em branco
  • 0,93% fuga ao tema
  • 0,46% cópia do texto de apoio
  • 0,19% texto insuficiente
  • 0,51% não atendimento ao tipo textual, parte desconectada ou outros motivos

Portanto, neste artigo, comentamos alguns dos principais erros que levaram os estudantes a perderem pontos ou até mesmo zerar a dissertação, na última edição. Confira!

Redação do Enem em branco

Em primeiro lugar, folha em branco foi o principal motivo de nota zero. Conforme o Inep, não escrever nada ou redigir menos do que sete linhas – ou 10, em caso de braile para deficientes visuais – são as principais incidências apuradas.

Em suma, para evitar estes problemas, recomenda-se um melhor preparo de administração do tempo de prova.

Fuga ao tema da redação do Enem

Em seguida, fuga do tema foi o segundo principal motivo de nota zero. Na maioria dos casos, isso está relacionado com o fato do candidato não ter domínio da proposta, ou faltado com atenção ao ler os textos de apoio.

Nestes casos, a recomendação é de que estude vários possíveis temas ao longo dos meses que antecedem o exame. No dia da prova, o indicado é ler os textos de apoio, no mínimo, três vezes. Além disso, grife palavras importantes.

Cópia do texto de apoio

Estes textos, geralmente, são inseridos com o objetivo de inspirar o candidato a desenvolver ideias para a eventual redação. E só. Dessa forma, não se deve copiar trechos desses textos, nem mesmo dados.

Não atendimento ao tipo textual e parte desconectada

Outros fatores que direcionaram candidatos ao zero e vale ressaltar, são o não atendimento ao tipo textual e parte desconectada.

Com relação ao primeiro fator, em suma, o Inep só tolera texto no estilo dissertativo-argumentativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão – proposta de intervenção.

Por último, o segundo fator ocorre mais por quebras repentinas no assunto durante o desenvolvimento da redação.

Agora que você conheceu as principais razões de redações zero na última edição do Enem, que tal compartilhar esse artigo adiante? Envie para aquele seu amigo que vai fazer o exame neste ano de 2021!

Atualizamos a Política de Privacidade e Termos de Uso do site. Ao continuar navegando, entendemos que você está ciente e de acordo.