Faculdade do Grupo Prominas atinge conceito de excelência para lançamento do curso de Direito EaD

Faculdade Única de Ipatinga

Faculdade Única de Ipatinga

Confirmando o panorama de transformar vidas pela educação, a Faculdade Única, que pertence ao Grupo Prominas, será uma das pioneiras na oferta da Graduação em Direito EaD em Minas Gerais e no Brasil. A notícia sobre o processo de autorização, que ainda está em andamento e que chegou neste mês de agosto, trouxe consigo um conceito 04, conforme atribuição da Comissão de Avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC). Tal avaliação caracteriza o curso da Instituição como excelente, de acordo com as exigências levantadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Fato é, que o curso, quando disponibilizado na modalidade a distância, trará novas possibilidades para quem deseja ingressar na área, número que, inclusive, cresce mais a cada dia. De acordo com a 1ª edição do Mapa do Ensino Superior no Brasil 2021, realizado e divulgado pelo Sindicato das Mantenedoras do Ensino Superior – Instituto Semesp – a Graduação em Direito lidera o ranking dos cursos superiores mais buscados na rede privada. E nas faculdades públicas a realidade não muda muito, já que o curso divide o pódio com Pedagogia. No total, são mais de 740 matriculados no segmento jurídico.

Outro aspecto que também deve ser levado em consideração é o crescimento do ensino a distância, que registrou um aumento de 21,7% segundo dados referentes a 2019 e que foram apresentados este ano. E o Grupo Prominas, por meio da Faculdade Única, faz parte deste crescimento com sua oferta de cursos, com progresso significativo na modalidade durante o período de pandemia.

Áreas em que um graduado em Direito pode atuar

graduação direito eadE para quem deseja se graduar em Direito e já imaginava que a carreira era restrita somente à advocacia, pode se surpreender com a gama de alternativas que essa formação pode oferecer. Confira algumas delas:

Acadêmica: o bacharel em direito pode ministrar aulas no Ensino Superior em diversas disciplinas, atuando como professor universitário ou tutor. Para que isso aconteça, a pessoa que seguir por este caminho deverá continuar os seus estudos mediante cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado e possivelmente um pós-doutorado.

Judicial: abrangendo a magistratura, esta faz parte de uma das carreiras mais cobiçadas dentro do cenário jurídico. Para se tornar um juiz, além de aprovado em concursos com participação da Ordem dos Advogados do Brasil em todas as fases, o candidato à vaga deve ter no currículo, no mínimo, 03 (três) anos de atuação na advocacia.

Promotoria: caracterizado pela representação dos interesses da sociedade e do Estado, o promotor de justiça é responsável pela defesa da ordem jurídica, social e individual do Regime Democrático de Direito. O exercício do cargo também se dá via concurso público, de provas e títulos, em que também são analisadas a capacidade de comunicação, oralidade e escrita de quem deseja ocupar a posição.

Procuradoria de Justiça: cargo superior ao de promotor dentro da hierarquia jurídica, portanto, exerce as mesmas tarefas que o cargo anteriormente citado, que variam desde a condução de inquéritos a ações fiscais, porém em uma esfera superior dentro do Ministério Público. Além da aprovação no concurso público, neste caso também são necessários o registro ativo na OAB e a atuação como advogado, pelo prazo mínimo de 02 (dois) anos.

Defensoria Pública: responsável pela defesa de cidadãos que não podem pagar pela assessoria jurídica em processos em que estejam envolvidos e neste caso, embora concursado do Estado, Município ou Federação, atende aos interesses do cliente. Cargo também disputado por concurso de prova e títulos, bem como comprovação de experiência anterior em advocacia.

Análise Judiciária: atuação voltada para o segmento administrativo, em ações que envolvem o atendimento ao público e criação de atas; e atuação jurídica, em ocasiões em que o trabalho é desenvolvido junto ao juiz, no recebimento e distribuição de petições, por exemplo. O concurso público, específico para a área, é o fator decisivo para cumprimento da atividade

Delegacia de Polícia: cargo que pode ser ocupado tanto na esfera Estadual como Federal e que possui atribuições vinculadas à liderança de investigações criminais. Dentre os requisitos para tal função, estão a aprovação em concurso público e a realização de curso preparatório oferecido pela própria entidade da qual o indivíduo fará parte.

E aí, se identificou com alguma dessas posições e quer saber mais sobre a área? Então, continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de vários outros conteúdos relacionados ao curso de Direito.

Atualizamos a Política de Privacidade e Termos de Uso do site. Ao continuar navegando, entendemos que você está ciente e de acordo.